Comunicação Assertiva nas Organizações

Comunicação Assertiva nas Organizações

Comunicação assertiva nas organizações é um dos fatores que mais impacta, positivamente, no relacionamento interpessoal, na performance e nos resultados.

Índice de Conteúdo

E, é por este motivo, que as empresas têm se preocupado em fazer a gestão da comunicação de maneira mais efetiva.

Inclusive, capacitando seus colaboradores para desenvolverem esta competência.

É comum encontrarmos falhas na comunicação, seja dentro de uma organização ou na vida de qualquer indivíduo, contudo sabemos que isso provoca uma série de problemas e conflitos nos relacionamentos.

Tornar a comunicação assertiva, cria um diferencial para o indivíduo e empresa, pois permite que haja conexão entre todos.

Sendo assim, quanto mais clara for a comunicação, mais a empresa consegue dialogar com seus funcionários.

Mas, para que possamos entender melhor o que é comunicação assertiva e quais os seus benefícios, precisamos compreender o que é comunicação e como ela ocorre.

O que é comunicação

A palavra comunicação vem do Latim e pode ser traduzida como:

  • “Tornar comum”;
  • “Partilhar”;
  • “Participar algo”.

Trata-se de processo que ocorre entre dois ou mais interlocutores, e que tem por objetivo criar e interpretar mensagens.

O que quero dizer é que, a comunicação, nada mais é do que a interação entre pessoas que procuram trocar informações entre si.

Ou seja, o emissor transmite um conjunto de mensagens que é decodificado pelo receptor.

Desde os primórdios, a comunicação tem papel crucial nas relações humanas, pois é através desta ferramenta que acontece a sua integração.

SAIBA MAIS: Relacionamento Interpessoal nas Organizações

Esse processo de integração se dá através da relação de troca de pensamentos, de ideias e dos comportamentos individuais, a partir da motivação e da intenção de comunicar.

Entretanto, é bom ressaltar que a comunicação só é efetiva, se a mensagem transmitida pelo emissor for entendida pelo receptor.

E, para facilitar que o receptor entenda a mensagem, quem estiver transmitindo, pode se comunicar de duas formas.

Quais os tipos de comunicação

Comunicação Verbal

É toda a comunicação oral ou escrita, isto é, toda mensagem disseminada através da palavra.

Oral

Costuma ser presencial, onde o emissor e o receptor interagem frente a frente ou à distância.

A exceção está relacionada a comunicação oral que é realizada pelos meios de comunicação, como: TV e rádio, ou por mensagens gravadas.

Escrita

Já na comunicação escrita, deve existir um cuidado na organização e exposição das ideias, pois neste caso não há o papel do receptor para sinalizar que a mensagem está clara.

Encontramos este tipo de comunicação através dos livros e jornais físicos ou on-line, das mídias on-line ou mesmo através de ferramentas de comunicação virtual.

Lembrando que as duas últimas, podem utilizar a comunicação escrita e falada simultaneamente.

Comunicação Não Verbal

Na comunicação não verbal, não existe a necessidade de empregar a palavra verbalizada ou escrita.

Todo o processo ocorre, por exemplo, através de expressão facial e corporal, sinais, códigos sonoros ou mesmo de imagens, que possuem a finalidade de transmitir a mensagem na íntegra.

Por expressão facial, corporal e sinais

Seja através do olhar, do movimento do corpo, das mãos, da face, do toque, entre outros, a comunicação se faz presente.

Podemos citar como exemplo a linguagem de Libras, que é utilizada pelas pessoas com deficiência auditiva.

Elas utilizam os sinais, representados pelas mãos, expressão facial e gestos.

Esta forma de se comunicar muitas vezes nos trai, pois como pode ser utilizada em conjunto com a comunicação verbal, nem sempre nossas expressões são equivalentes ao nosso discurso.

Além disso, a nossa postura traduz muito sobre a mensagem que queremos passar.

Isto é, nosso subconsciente está “conversando” conosco o tempo inteiro e, muitas vezes, o nosso comportamento mostra a mensagem real que queremos transmitir.

Através de código sonoro

Como exemplo, temos a sinalização feita pelas ambulâncias, corpo de bombeiro, alerta de garagens, até mesmo pelo som emitido pelo micro-ondas, quando a comida atinge o tempo programado.

Através do toque

Muitos sentimentos são repassados, através do abraço, do aperto de mão e do beijo, sem que qualquer palavra seja emitida.

Entretanto, é preciso muita cautela, pois em alguns casos esta maneira de se comunicar pode provocar, no receptor, excesso de intimidade.

Uma vez entendendo que existem dois tipos de comunicação, a verbal e não-verbal, precisamos compreender o é ser assertivo, para saber como funciona a comunicação assertiva.

ENTENDA: Comunicação Empresarial e Organizacional

O que é ser uma pessoa assertiva

A palavra “assertivo”, é um adjetivo que está relacionado à certo e positivo. Isto é, está relacionada a uma ação ou comportamento positivo e correto.

Por estar vinculada à parte da psicologia comportamental, podemos dizer que uma pessoa assertiva, é toda aquela que possui um comportamento equilibrado.

Essas pessoas são diretas, autênticas, objetivas, transparentes, contudo, não se utilizam de violência, coação, imposição ou autoritarismo para defenderem e fazerem valer suas ideias.

Ou seja, toda pessoa que age com segurança, é firme, expõe suas opiniões, porém sem agressividade e sem provocar constrangimento nos outros.

Elas são cautelosas, sabem argumentar e possuem respeito pelas outras pessoas.

Inclusive, se utilizam da empatia, para tornar a sua comunicação mais assertiva.

O que contribui para que passem o sentimento de confiança, além é claro de serem muito mais maduras.

De acordo com os estudos da psicologia, podemos dividir o comportamento ou a forma de comunicar das pessoas, em quatro categorias principais:

  • Passivo;
  • Agressivo;
  • Agressivo-passivo;
  • Assertivo.

Cada um desses comportamentos, pode motivar prejuízos ou benefícios, por isso é importante conhecer como eles acontecem.

Comportamento Passivo

Na maioria das vezes o indivíduo demostra insegurança, agindo de maneira a agradar as outras pessoas, omitindo sua opinião e sentimentos.

O comportamento passivo, tem como característica o uso do olhar cabisbaixo, assim como o tom de voz.

Nesse caso, as pessoas de comportamento passivo, não conseguem impor suas ideias e abrem mão inclusive de coisas que tragam algum benefício para si.

São pessoas que não sabem dizer “NÃO” e se utilizam de frases do tipo:

Você é quem sabe!

Como você achar melhor.

Como você quiser.

Você se importa?

Por conta da passividade na sua forma de se comunicar, essas pessoas acabam ficando infelizes.

Comportamento Agressivo

Comportamento que se caracteriza pela falta de respeito para com o outro.

Toda pessoa com comportamento agressivo, não possui empatia, é intimidadora, está sempre ofendendo e discordando das outras.

Elas não aceitam serem contrariadas, estão constantemente envolvidas em discussões negativas e costumam provocar pânico nas outras pessoas, quando estão se comunicando.

Inclusive costumam usar expressões que geram medo, como:

Você sabe com quem está falando?

Não adianta falar, porque você não manda em mim!

Não vou fazer do jeito que você quer.

Sua opinião não me interessa!

Comportamento Agressivo-passivo

Este tipo de comportamento na comunicação é artificial, malicioso e dissimulado.

Pessoa agressiva-passiva, utiliza desse artifício para evitar conflitos, mesmo que não concorde com a situação.

Ela, teoricamente, demonstra que é receptiva, mas no fundo não consegue expressar seus sentimentos. Contudo, no seu íntimo, é resistente às opiniões adversas e isso ocorre pelo fato de se utilizar de uma falsa concordância.

Por este motivo, começa a se irritar internamente, ficado de mal humor, enfurecida, estressada e consequentemente mais indelicada e agressiva.

Pessoas com comportamento agressivo-passivo, habitualmente diz:

Sem problemas.

Está tudo bem.

Comportamento Assertivo

Se refere a um comportamento que demonstra equilíbrio.

Ele está pautado na postura firme e objetiva, porém evitando causar danos emocionais às pessoas envolvidas na comunicação.

Isso não significa que a pessoa não sinta raiva, por exemplo, mas ela possui uma inteligência emocional mais apurada, conseguindo entender o que está sentindo e em condições de manter o controle da situação.

Ter um comportamento assertivo é olhar para o outro com empatia, mesmo com opiniões divergentes.

Certamente você ouvirá de pessoas assertivas:

Não posso;

Não estou com vontade;

Entendo seu ponto de vista, mas não concordo;

Creio que a partir de agora, você sabe o que é comunicação e como acontece um comportamento assertivo, sendo assim podemos fazer o link entre os dois.

O que é Comunicação Assertiva

É uma comunicação, realizada por uma pessoa que possui comportamento transparente, claro e objetivo, sem expressão de agressividade e ofensa, mesmo que as opiniões dos outros sejam divergentes.

Ou seja, é uma comunicação que permite expor ideias contrárias, com respeito mútuo.

A assertividade na comunicação ocorre através de um comportamento empático e colaborativo, além do desenvolvimento da habilidade da escuta ativa.

Sendo assim, ter uma comunicação assertiva é desenvolver habilidades e praticá-las constantemente.

O que é Comunicação Assertiva nas Organizações

Podemos dizer que comunicação assertiva nas organizações é toda aquela realizada com autenticidade, transparência, objetividade, clareza, porém sem passividade e agressividade.

É uma comunicação, onde empresa e colaboradores praticam a argumentação, defendendo opiniões e pontos de vista, sem que haja hostilidade e imposição.

É equilibrada, busca minimizar conflitos, porque tem como princípio checar, constantemente, como a mensagem está sendo recebida e entendida.

Ou seja, estão incluindo em seus programas de capacitação, o desenvolvimento desta habilidade, que permite alcançar diversos benefícios.

Por esta razão, as organizações estão atentas para que seus funcionários possam se comunicar e atuar, cada vez mais, de forma assertiva.

Mas, quais são os benefícios de uma comunicação assertiva?

Benefícios da Comunicação Assertiva nas Organizações

Vários são os benefícios que uma empresa pode obter, ao praticar a comunicação assertiva.

O primeiro deles é a possibilidade da empresa se tornar ainda mais competitiva no mercado, visto que ela saberá se comunicar com seu público, interno e externo, mesmo em um cenário de mudanças constantes.

Já o segundo grande motivo é que, com a comunicação assertiva, as organizações conseguirão minimizar conflitos internos, visto que haverá maior transparência e sinceridade ao comunicar seus processos, políticas e valores.

Ou seja, ela fortalecerá o processo de relacionamento interpessoal interno e manterá o clima organizacional elevado.

Podemos considerar também, como um terceiro grande motivo, o aumento de performance das lideranças, já que sua comunicação, através dos feedbacks com os colaboradores, será mais transparente.

Inclusive, proporcionando maior capacidade de desenvolvimento e, com isso, aumento de performance das equipes.

Mas de nada adianta uma organização se empenhar em praticar a comunicação assertiva, se os profissionais que nela trabalham não se engajarem nesse movimento.

Em razão disso, cada profissional, precisa desenvolver esta habilidade, para saber como se comunicar melhor e de forma assertiva.

Como ser um Profissional Assertivo

Uma das coisas que já mencionamos é que, para um profissional ser assertivo, ele precisa, acima de tudo, ser verdadeiro e capaz de discordar das outras pessoas, sem ofendê-las ou destratá-las.

A comunicação assertiva, pode e deve ser desenvolvida e, para que isso ocorra é preciso:

Refletir antes de falar

Refletir antes de falar, é mais que controlar as palavras, é você controlar suas emoções.

Quanto mais você se conhecer, vai entender que tipo de emoção está sentindo e poderá controlar, evitando comportamentos agressivos, sarcásticos e ofensivos.

LEIA TAMBÉM: Crie um Propósito para a sua Carreira

Ser objetivo, claro e honesto

Quanto mais claro e objetivo você for, menos dúvidas você gera ao se comunicar.

Você não precisa ter receio com o que vai dizer, se estiver preparado. Isto é, se tiver refletido sobre o que vai dizer e como fará isso.

Inclusive, ter atenção com a sua postura corporal será um diferencial para que seus gestos, não sejam diferentes do seu discurso.

Dizer “Não” com sabedoria

Toda pessoa assertiva sabe dizer não. Ela não faz rodeios e diz “sim” para agradar aos outros, quando seu desejo é dizer “não”.

Ela simplesmente expõe seu ponto de vista, usa argumentos, sem grosseria, evitando conflitos desnecessários.

Quem faz o contrário, costuma criar conflitos internos e ter insatisfação pessoal.

Saber receber feedback

Pessoas empenhadas em manter a assertividade, entende que as críticas são favoráveis para o seu desenvolvimento pessoal.

De um modo geral, as pessoas pensam diferente e, aceitar o ponto de vista de outra pessoa, nos permite conhecê-la e saber lidar com ela.

Quanto mais você olhar para as críticas com viés pessoal, mais você terá dificuldade de se posicionar de forma assertiva.

Não dar margem a situações duvidosas

Quanto mais claro e transparente for, menos dúvidas surgirão, entretanto se elas persistirem, tenha o cuidado de solucioná-las.

Se você é o emissor da mensagem, procure verificar se, quem a recebeu, entendeu exatamente o que quis dizer. Porém se você é o receptor, não fique com a dúvidas, questione e esclareça.

Agora que você já sabe como ser um profissional assertivo, vou dar algumas dicas para que você possa se comunicar de forma mais assertiva no ambiente organizacional.

Como ter Comunicação Assertiva no Trabalho

  • Inclua, ao elaborar um planejamento de carreira, desenvolver a habilidade da comunicação assertiva;
  • Outra habilidade que deve ser incluída é a da escuta ativa. Escute de forma integral o que a outra pessoa está falando;
  • Seja empático, analise a situação com o olhar da outra pessoa e não julgue.
  • Não deixe que seu discurso seja diferente da sua expressão corporal, lembre-se que o seu corpo fala muito mais sobre as suas emoções, do que você imagina;
  • Exponha sua opinião, sem usar a imposição ou agressividade, contudo se optar por não se posicionar, que seja pela análise das circunstâncias e momento. Afinal, também é assertivo escolhermos o momento exato para falar.
  • Seja claro, se certifique que a outra pessoa está entendendo o seu raciocínio;
  • Não cultive a dúvida, procure entender e esclarecer todas as coisas que ficarem obscuras para você.
  • Procure usar a técnica do rapport para se conectar com quem está falando;
  • Seja um líder completo e utilize uma comunicação assertiva para dar feedbacks.

CONHEÇA: 5 Etapas para Elaborar um Planejamento de Carreira

A Comunicação Assertiva nas Organizações, passou a ser utilizada como uma ferramenta estratégica, seja pelo ponto de vista de promover engajamento, mobilização e um bom relacionamento interpessoal entre seus colaboradores, ou pelo ponto de vista de aumentar resultados e performance.

Organizações e profissionais que possuírem uma boa Comunicação Assertiva, não correrão o risco de elevarem seu grau de conflitos, mas sim terão a possibilidade de obter resultados muito melhores, mesmo em tempos difíceis.

4 comentários em “Comunicação Assertiva nas Organizações”

  1. Eliane Benevente Valença

    Quero agradecer por dividir este material de grande importância para aqueles que querem fazer a diferença e alcançar objetivos maiores. Honrada por ter sido sua aluna professora Carla, Deus abençoe seus caminhos, abço…

    1. Oi Eliane,

      Obrigada por suas palavras de carinho!
      Fico muito feliz que este material tenha sido relevante para você, que de fato, é uma profissional que busca a sustentabilidade da sua carreira.
      Realmente a comunicação faz toda a diferença na ossa vida profissional. E, quanto mais assertiva for, mais os nossos resultados se tornam maiores.
      Eu que me sindo honrada de ter sido sua professora, por ter tido a oportunidade de trocar experiências maravilhosas com você.

      Tenha meu carinho sempre!

  2. Olá professora Carla!
    Foi muito bom ter sido sua aluna.
    Essa matéria só veio reforçar aquilo que sempre acreditei ser a maneira mais correta de se comunicar mais que infelizmente trabalhei em uma empresa que não nos dávamos a liberdade de agirmos dessa forma.
    Tive uma experiência vendendo minhas camisas UV na praia quando um banhista sem ter o conhecimento do produto que eu estava vendendo veio impedir que um amigo comprasse meu produto passando para ele uma informação totalmente errada, na hora fiquei chateada mais depois Pensando no ocorrido me fez desenvolver um prospecto explicando a necessidade da utilização das camisas UV quando exposto ao sol.
    Como é muito corrido e não temos tempo de ficar explicando aos banhistas  a importância do uso dessa camisa resolvemos desenvolver esse prospecto E fazer essa comunicação por escrita uma comunicação clara, objetiva, para que todos que venham lê entendam e passem a ter conhecimento da importância do produto.
    Precisamos desenvolver a habilidade de ouvir pq até mesmo as críticas elas nos ensinam a olhar para lado positivo da situação,  melhorando ou até mesmo criando novos recursos para uma melhor comunicação.
    Obrigada Professora Carla por compartilhar comigo esse conteúdo de altíssima importância .
    Se precisar estou a disposição.
    Um grande abraço
     

    1. Oi Cássia,

      Que alegria ter notícias suas e saber que o artigo contribuiu para o seu desenvolvimento.

      Realmente é muito importante mantermos uma comunicação clara, transparente e objetiva com as pessoas.
      Quanto mais você comunicar ao seu cliente sobre o seu produto, mais ele conhecerá as vantagens de adquiri-lo.
      A comunicação passa credibilidade, além disso permite que o cliente entenda o valor do produto.

      Desejo muito sucesso para você e espero revê-la o mais breve possível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima